18 março 2013

Resenha: Desaparecido para sempre do autor Harlan Coben


Sinopse
Will Klein, quando garoto, tinha um herói: seu irmão Ken. Eis que um dia, uma garota da vizinhança (ex-namorada de Will) é estuprada e brutalmente assassinada. E o pior: Ken é considerado o principal suspeito. Ken desaparece sem deixar pistas. Para aumentar ainda mais a tensão na vida de Will, sua namorada também desaparece. Além disso, alguém parece querer manter certos fatos sob sigilo a todo custo... O autor conduz o leitor às mais ardilosas viradas na trama. Um mistério que vai levá-lo ao mais surpreendente desfecho; um suspense que mostra a busca pelo assassino, pela vítima, pela verdade.

Dados:
Edição: 0
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580410754
Ano: 2010
Páginas: 304
Tradutor: Sergio Viotti

Onde comprar? Submarino e Americanas.



Resenha
Sabe quando você lê um livro e começa a separar os personagens em lados bons e maus? E pior ainda, "pensa" que já sabe o desfecho do livro e quando o final vai se aproximando você leva aquele "balde de água fria"? Pois é, foi exatamente assim que me senti durante e no final do livro.


Harlan Coben tem uma fórmula mágica e especial de fazer com que o leitor se envolva na história criando assim uma expectativa cada vez mais crescente pelo desejo de saber a verdade. Verdadeiro mestre no que faz, ele cria um cenário perfeito, o crime "perfeito", os personagens essenciais e nos mostra que precisamos sempre ouvir os dois lados da história. Nos sentimos como detetives em busca da mais simples verdade mesmo que ela não seja tão doce assim.

Desaparecido para sempre é uma leitura perfeita, envolve mistério, amor entre familiares, amor entre o sexo oposto, amor pelos amigos, traição...

Uma das coisas que mais me agradou foi o Harlan ter abordado o tema da prostituição nas ruas, meninos e meninas que fogem de casa e nunca mais voltam (são tragados pelas ruas terminando assim por se tornarem usuários de drogas e adeptos da prostituição), e ele faz isso de maneira clara e objetiva incentivando a sociedade para que ela passe a vê-los não como algo a ser descartado e encoberto, mas sim exposto e cuidado.

Enfim, tudo aquilo que há na fórmula de um bom livro você encontra em Desaparecido para sempre.
Eu recomendo!